Louis Van Gaal ainda não ´digeriu o facto de ter sido despedido do Manchester United. O técnico holandês continua no desemprego, mas aceitaria voltar a treinar só para ´chatear` o Manchester United.

"O mais provável é que não volte a treinar nenhuma equipa. Mas abro uma exceção se um grande clube inglês me apresentar uma proposta. Se for assim aceitarei voltar, pois terei a oportunidade de derrotar o Manchester United", disse o técnico este domingo, à margem de um evento em que marcou presença em Roterdão, Holanda.

Van Gaal, que recusou regressar à Bundesliga para treinar o Borussia Dortmund, explicou que não guarda rancor de Mourinho, o técnico que o substituiu em Old Trafford.

"Não tenho nada contra o José [Mourinho]", comentou.

Apesar disso, o técnico já criticou por diversas vezes o futebol dos ´red devils` de José Mourinho.

"Mourinho não é criticado enquanto o jogo dele é muito mais chato [do que o meu]. Prefiro ver os jogos do Manchester City. O que United produz é um futebol defensivo. Eu sempre defendi o ataque", comentou o holandês, em declarações ao ´Daily Mirror`.

Em duas épocas no United, Van Gaal conquistou um Taça de Inglaterra e nunca conseguiu ficar nos três primeiros lugares. Já Mourinho venceu a Supertaça de Inglaterra (2016), a Taça da Liga (2017) e a Liga Europa (2017) desde que chegou a Old Trafford.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.