O Chelsea até partiu na frente do marcador, graças a um golo do costa-marfinense Didier Drogba, que aproveitou um erro do guardião Brad Friedel. No entanto, o homem que defendeu as redes do Villa viria a redimir-se do erro com uma série de boas defesas que impediram os londrinos de aumentar a vantagem.

E como quem não marca arrisca-se a sofrer, o tento do empate chegou pouco depois da meia hora de jogo, com Dunne a facturar. Canto do lado esquerdo do ataque com Lampard a desviar ao primeiro poste e Dunne, em voo, a cabecear ao segundo para o fundo das redes de Petr Cech.

O Chelsea continuou a dispor de oportunidades para voltar à vantagem, mas Friedel continuou em bom nível e apostado em não deixar os londrinos voltarem a violar as suas redes.  

Mais uma vez, foi então o Villa a arrancar para o golo: saída em falso de Petr Cech a um cruzamento da esquerda do ataque e Collins, oportuno, atirou para golo, perante a fúria e desespero de John Terry.

Até ao final da partida não houve alterações no marcador, mas o mesmo pode não acontecer na liderança da Premier League já que, com esta derrota, o Chelsea pode perder a liderança, caso o Manchester United vença o Bolton.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.