Com sete portugueses no onze, o Wolverhampton empatou a três bolas com o Brighton & Hove Albion, em encontro da 17.ª ronda da Liga Inglesa.

O Wolverhampton entrou em campo com Rui Patrício, Nelson Semedo, Rúben Neves, João Moutinho, Vitinha, Pedro Neto e Fábio Silva.

No The American Express Community Stadium, a armada portuguesa do Wolves começou a perder logo aos 13 minutos quando Aaron Connolly aproveitou um centro de Leandro Trossard para se antecipar a Rui Patrício e fazer o 1-0.

Mas a equipa de Nuno Espírito Santo deu a volta ao marcador ainda no primeiro tempo e foi para o intervalo a vencer por 3-1.

Aos 19 minutos, Nélson Semedo ganhou um ressalto na área, centrou para Romain Saiss empatar, de cabeça.

Aos 34 minutos entrou em ação Daniel Burn, pelos piores motivos. Pedro Neto partiu da direita para o meio, rematou forte, o guarda-redes Robert Sanchez defendeu a bola contra as pernas do central, fazendo-a entrar na baliza do Brighton & Hove Albion. Azar para Daniel Burn que viria a estar no 3-1. O central cometeu penalti sobre Adama Traoré, Rúben Neves não tremeu e fez o 3-1 aos 45 minutos.

O Brighton entrou determinado em mudar as coisas no segundo tempo e reduziu aos 46, numa grande penalidade convertida por Neal Maupay. E aos 70 minutos, Leandro Trossard centrou para Lewis Dunk empatar, de cabeça, num lance em que a bola desviou num contrário e enganou Rui Patrício.

Já a terminar, nos descontos, Owen Otasowie falhou o 4-3, a passe de Adama Traoré.

O Brighton & H. Albion continua sem vencer em casa nesta edição da Primeira Liga. Este foi o primeiro empate do Wolves fora de casa esta época. A equipa de Nuno Espírito Santo mantém o 12.º posto com 22 pontos, o Brighton é 17.º com 14.

Também hoje, o Tottenham, de José Mourinho, recebeu e venceu o Leeds United, por 3-0, com golos de Harry Kane, Son e Toby Alderweireld, e subiu ao terceiro lugar, a quatro pontos de Liverpool e Manchester United.

Mais tarde, o Crystal Palace (13.º) venceu o Sheffield United (20.º) por 2-0, com os visitantes a serem os únicos ainda sem qualquer vitória esta época na Liga inglesa, somando dois empates e 15 derrotas, com oito golos marcados e 25 sofridos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.