O Wolverhampton confirmou, ao início da manhã desta quarta-feira, Bruno Lage como o novo treinador principal do clube. Lage vai substituir o também português Nuno Espírito Santo no leme dos Wolves.

Nuno Espírito Santo esteve quatro épocas nos Wolves, clube que colocou na Premier League e na Europa, mas a sua saída tinha sido confirmada no final da presente temporada. Desde logo, Bruno Lage foi mencionado comum um dos principais candidatos à sua sucessão e, depois de ultrapassadas algumas questões relacionadas com a licença de trabalho do técnico, a confirmação da ida do antigo treinador do Benfica para o 13.º classificado da última edição da Premier League foi agora oficializada.

Bruno Lage, de 45 anos, estava sem clube desde que, perto do fim da temporada de 2019/20, se viu afastado do comando técnico da equipa principal do Benfica, que liderou entre janeiro de 2019 e junho de 2020, conquistando um título de campeão nacional.

Será o regresso do técnico ao futebol britânico, onde no passado trabalhou como adjunto de Carlos Carbalhal no Swansea e no Sheffield Wednesday.

No Wolverhampton, Bruno Lage vai treinar vários jogadores portugueses, depois de, em 2020/21, terem estado no plantel Rui Patrício, Nélson Semedo, Rúben Neves, Vitinha, João Moutinho, Pedro Neto, Daniel Podence e Fábio Silva.

Em atualização.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.