Nuno Espírito Santo revelou que o Wolverhampton decidiu proibir os jogadores de ir ao supermercados de forma a evitar o risco de contágio da COVID-19.

"É uma questão de estarmos protegidos. No início da pandemia o nosso staff arranjou uma caixa com bens essenciais. Quando a situação melhorou entendeu-se que as pessoas já eram livres de ir às compras, mas agora os níveis estão a aumentar e há uma nova variante que preocupa toda a gente, pelo que o clube decidiu fazer isso novamente, de forma a que os jogadores e os familiares não tenham de ir aos supermercados", explicou o técnico português dos Wolves.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.