O atacante mexicano Raúl Jiménez, do Wolverhampton, foi hospitalizado este domingo, após cair inamimado, num choque de cabeça com o central brasileiro David Luiz, do Arsenal, em jogo da 10.ª ronda da Liga Inglesa.

Aos 6 minutos do confronto, depois de um canto a favor do Arsenal, David Luiz tentou cabecear a bola, mas acabou por artingir o mexicano.

Ambos caíram no relvado e os seus companheiros exigiram imediatamente a entrada das equipas médicas.

David Luiz conseguiu recuperar-se e voltou a jogar com uma ligadura na cabeça, antes de ser substituído no intervalo, por precaução, mas Jiménez foi retirado de maca do campo após ser atendido pelos médico por mais de 10 minutos.

Segundo a rede Sky Sports, o mexicano chegou consciente ao hospital.

Este incidente traz mais uma vez à tona o debate sobre a proteção dos jogadores de futebol em casos de concussão grave na cabeça e vai fornecer argumentos para aqueles que defendem que os atletas devem ser imediatamente substituídos em casos como este.

Um dos partidários dessa medida é Chris Sutton, ex-atacante do Chelsea e Celtic Glasgow, que se tornou um dos defensores da pesquisa sobre danos neurodegenerativos sofridos por muitos ex-jogadores de futebol.

"Choque de cabeça terrível entre Jiménez e Luiz. É hora do futebol se tornar mais inteligente e autorizar imediatamente substituições temporárias devido ao choque", escreveu Sutton no Twitter.

"Claramente, Jiménez não estava bem, mas David Luiz foi devidamente examinado?", perguntou o ex-jogador.

No final do encontro, ganho pelo Wolves por 2-1 (golos de Podence e Pedro Neto), Nuno Espírito Santo falou da situação clínica do mexicano.

"Jiménez está a fazer exames, está consciente. Está bem dentro da gravidade da situação. (Após o lance) ouvimos o código vermelho, era sério. Foi um momento de preocupação para todos. Vimos pânico nos olhos da equipa médica e começámos a pensar: ‘será que está tudo bem?’ Ficámos preocupados", disse no final do encontro

"Está a falar, consciente, a ser bem acompanhado e está em boas mão", acrescentou o treinador português do Wolverhampton.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.