Luís Filipe Vieira enfrentou os adeptos na Assembleia Geral do Benfica e fez um discurso para tentar serenar a contestação que vinha do outro lado. Na AG mais ‘quente’ dos últimos anos, damos conta de 10 das frases mais marcantes do discurso do presidente do Benfica na sua intervenção.

Sobre uma potencial demissão:

- Se não quiserem que fale, vou-me embora… Querem ouvir-me? Senão não vale a pena estarmos aqui a falar. Não fui eleito pelas redes sociais, por isso, estou à vontade para estar aqui.

- Deixem-me dizer aqui uma coisa ao sócio que disse para eu pedir a demissão: vou estar cá muitos, mas muitos anos.

Sobre Jorge Mendes:

- Jorge Mendes tem um ou outro miúdo da formação. Não tem um c….. de um jogador. Oiçam! Não tem um! Tem 10% de comissão, isso assumimos, baseado nos preços que o Benfica faz. Ele é parceiro do Benfica.

Sobre a presença de Rui Costa na estrutura:

- O Rui continua a dar o contributo mais necessário, na SAD, na observação de jogadores, está muito dentro do balneário, sabe o que faz. Para o Rui Costa não há segredo algum”.

Sobre o caso dos e-mails:

- Isso é zero! Nunca comprámos um filho da p… de um resultado! Não há um email que diga que o SLB oferece A, B ou C , é treta. Tudo para esconder as graves situações que os outros têm pela frente”.

Sobre o objetivo desta temporada

- Não vamos abdicar da conquista do penta. É o que está pré-estabelecido. Se tivermos de arriscar em dezembro, fazer investimento, faremos. Mas é com estes jogadores que vamos lá”.

Transferências e o desinvestimento

- “Ederson custou 50% de 500 mil euros, o Benfica investiu também em Nélson Semedo, que custou 100 mil euros, e Lindelöf custou à volta de um milhão. Jogadores em que há três anos investimos meia dúzia de tostões foram os que sairam. O Benfica não desinvestiu”.

- “Tivemos duas opções: ou vender Jiménez ou o Mitroglou. O que não faz sentido é ter três avançados para um jogar, outro ir para o banco e o outro ir para a bancada”.

- Gabigol veio graciosamente para o Benfica, de borla. Entre o vencimento e o empréstimo, o Benfica vai pagar 1,7 milhões de euros.

Sobre a gestão do Benfica:

- Gerimos bem o Benfica, sabemos como o devemos fazer”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.