Após o encontro de consagração do FC Porto campeão e que terminou com uma vitória sobre o Sporting, o treinador dos azuis e brancos destacou a justiça da vitória.

«Assistimos a um belíssimo jogo, com uma primeira parte mais equilibrada. Na segunda parte, com as incidências do jogo, fomos crescendo e acabámos por ganhar justamente», frisou o técnico que abordou ainda a sua relação com a massa associativa do FC Porto.

«A massa associativa tem sempre razão, mesmo quando não tem. Quando não tem é por desconhecimento do trabalho semanal. Para mim é a paixão, eles gostam realmente e do clube e têm todo o direito a manifestar-se, a interrogar-se, a questionar. Trabalhámos muito ao longo do ano para lhes dedicar este campeonato, vai inteirinho para eles», atirou.

O treinador não quis confirmar se está ou não a preparar a próxima época no clube do Dragão.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.