Análise ao jogo: "Sabíamos que tínhamos de estar nos limites para vencer. Trabalhámos muito para dar esta reposta aqui. Disse aos jogadores para nos prepararmos. Dedico a vitória aos jogadores que não estiveram por culpa minha, por opção minha. Dedico-lhes esta vitória. Enviaram-nos mensagens com carinho. No jogo, a equipa definiu bem os momentos de saída, da rota de ataque. Temos de escolher rotas diferentes consoante adversários. Correu-nos de feição. Fomos muitos unidos, cada um sabia o que tinha de fazer. É esta a nossa identidade, a forma de fazermos as coisas. Sabemos que é difícil jogar contra cada equipa. Sabemos que é difícil somar três pontos, temos de ser consistentes diariamente, perceber que independentemente dos elogios temos de continuar alerta e sermos exigentes."

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.