O presidente da Académica disse hoje que a direção está a estudar a contratação de um empréstimo obrigacionista entre 1,5 a 2 milhões euros, que considera ser uma opção benéfica para o clube e para os sócios.

José Eduardo Simões, que falava na assembleia-geral de sócios realizada quinta-feira à noite, considerou que através de um empréstimo deste género "o montante de remuneração aos sócios e praticamente metade do valor da operação seria equivalente àquilo que se deixaria de pagar em coimas, multas e outras situações do género".

"Será uma forma interessante de ter liquidez, podermos trabalhar numa base mais firme a nível da despesa mensal, podermos ter algo para fazer um conjunto de obras e, em simultâneo, remunerarmos os sócios e menos a banca", disse à agência Lusa o dirigente, no final da reunião.

O líder academista adiantou que o empréstimo obrigacionista "não é para já" e que a situação vai ser analisada "como deve ser".

No entanto, considerou a operação "benéfica" para o clube e para os sócios, "que terão uma nova capacidade de remuneração dos seus capitais.

“Ao mesmo tempo, ajudam-nos a ter outra capacidade de fazer obra ou desenvolver um conjunto de atividades desportivas, que agora estamos mais condicionados", afirmou.

Na assembleia-geral, os sócios aprovaram, por maioria, o orçamento da ‘briosa’ para a próxima época, no montante de 3,268 milhões de euros, que representa uma redução de quase 400 mil euros relativamente ao ano desportivo anterior.

"A redução deve-se à racionalização de meios, pois se verificamos que um conjunto de custos está a aumentar não podemos viver senão com aquilo que temos", disse o presidente.

De acordo com o documento, que recebeu 55 votos favoráveis, 13 abstenções e um voto contra, a maior fatia (2,17 milhões de euros) destina-se aos gastos com pessoal, nomeadamente às remunerações de jogadores e equipa técnica, que absorvem 1,6 milhões de euros.

Do lado da receita, os direitos televisivos continuam a ser a principal fonte de proveitos da Académica, que vai receber 2 milhões de euros.

O orçamento da próxima época prevê um resultado positivo superior a 160 mil euros.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.