Um homem foi proibido de entrar em recintos desportivos por arremessar uma garrafa de água na direção do quarto árbitro num jogo de futebol entre Vizela e Arouca, segundo uma decisão da APCVD a que Lusa teve hoje acesso.

O incidente ocorreu na 12.ª jornada da I Liga portuguesa, em novembro, tendo o suspeito, de 41 anos, sido identificado pela Guarda Nacional Republicana (GNR) logo após a infração, e alvo de sanções pela Autoridade para a Prevenção e o Combate à Violência no Desporto (APCVD).

"O adepto ficará impedido de aceder a recintos desportivos até final do processo, após ter sido notificado no final de novembro pela GNR da medida cautelar aplicada" pela APCVD, lê-se no documento.

No final do processo, o infrator poderá ainda ser punido pela APCVD com coima entre os 1.000 e os 10.000 euros e com a sanção acessória de interdição de acesso a recintos desportivos até dois anos.

Em caso de incumprimento da medida decretada o adepto incorre no crime de desobediência e poderá ser detido pelas autoridades policiais.

Desde 01 de janeiro de 2022, a APCVD proferiu aproximadamente 700 decisões condenatórias, em resultado de diversas infrações reportadas pelas autoridades policiais, daí resultando também a entrada em vigor de cerca de 250 medidas de interdição de acesso a recintos desportivos em todo o país.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.