Adrien Silva negou esta terça-feira, através das redes sociais, que tenha acordo com qualquer candidato à presidência do Sporting para regressar a Alvalade.

Esta terça-feira, a edição online do jornal 'O JOGO' avançou que o internacional português do Leicester City poderia regressar ao Sporting já na próxima reabertura do mercado de janeiro caso Ricciardi vencesse as eleições do próximo sábado. Em entrevista à CMTV, José Maria Ricciardi confirmou a informação avançada pelo jornal desportivo.

"Confirmo que só falta a negociação com o Leicester, se nós vencermos, o Adrien virá em janeiro para o Sporting. Infelizmente com os acontecimentos de Alcochete perdemos as nossas referências, agora o Sporting precisa de uma nova referência, como grande jogador e como grande capitão", disse.

Numa publicação no Instagram, Adrien confirmou ter sido contactado por vários candidatos, mas garantiu não ter nenhum compromisso com líderes de listas à presidência dos 'leões'.

"Na sequência das notícias que vieram a público nas últimas horas, venho por este meio referir que apesar da minha vontade de regressar um dia ao Sporting ser algo que todos saibam, é falso que tenha assumido qualquer tipo de compromisso com qualquer candidato. Apesar de ter sido contactado diversas vezes por vários candidatos, o meu presidente é só um. Chama-se Sporting", escreveu Adrien.

"Neste momento defendo as cores do Leicester City e é aqui que estou focado e dou o meu melhor. O Sporting é o meu clube do coração e o que sempre vou defender e apoiar durante a minha vida! Sou feito de Sporting", acrescentou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.