O treinador adjunto do Boavista, Alfredo Castro, considerou o resultado na Luz extremamente pesado e considerou que o rumo do jogo poderia ter sido outro se os 'axadrezados' tivessem concretizado uma oportunidade de golo no arranque da partida.

"Acho que é uma derrota extremamente pesada. Sabíamos que o Benfica é uma equipa extremamente forte e que não íamos ter facilidades, e foi isso que aconteceu. O Benfica é forte nas bolas paradas e nas transições, e acabaram por fazer golos dessa forma", começou por dizer o técnico dos 'axadrezados'.

"Antes disso, podíamos ter sido nós a marcar e, se isso acontecesse, o jogo podia ter uma história diferente. Isso não aconteceu e eles marcaram a seguir de bola parada. Depois marcaram novamente e ainda reagimos na primeira parte com o 2-1", frisou Alfredo Castro.

"Na segunda parte, com uma falha defensiva nossa, fizeram o 3-1 e mataram o jogo. No final da partida ainda podíamos ter reduzido, mas hoje parece que não era o nosso dia", acrescentou o técnico adjunto.

"[Zona de despromoção?] Temos que corrigir as coisas menos boas e esquecer o que aconteceu hoje, porque este não é um jogo do nosso campeonato. Temos muitos jogos do nosso campeonato e vamos limpar a imagem do jogo que fizemos hoje aqui", sentenciou Alfredo Castro.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.