Declarações de Rúben Amorim, treinador do Sporting, à BTV, após o empate com o Benfica (1-1), no Estádio da Luz, da 16.ª jornada da I Liga.

Análise ao jogo: "Começámos bem, com bola. Tranquilos, depois de um momento difícil e conseguimos implementar o nosso jogo. Sabíamos o que o Benfica queria fazer, é uma equipa cheia de talento, muito bem treinada. Acabámos por chegar ao golo com justiça, o Benfica respondeu. Foi um jogo difícil. Por vezes com mais bola, noutras com mais transição. Foi um bom jogo. No final do Benfica ficou um pouco por cima, o ambiente também ajudou. Foi um excelente jogo, pena não termos levado os três pontos."

Entrada de St. Juste na segunda parte: "O [Matheus] Reis já estava com dificuldades e depois também reparámos que o Neres ia entrar, é um jogador muito rápido. O que fizemos foi olhar para os centrais, o St. Juste ainda tem um limite de tempo, é muito rápido, pensámos que o Neres ia ter mais velocidade, o Inácio adaptou-se bem à esquerda. Olhando para os jogadores de trás que por vezes ficam sozinhos para as transições, o que estivesse mais cansado, ia sair para o St. Juste entrar."

Abordagem para a segunda volta: "É jogo a jogo, não pensar muito nisso. No fim logo se vê."

Declarações de Francisco Trincão, avançado do Sporting, à BTV, após o empate com o Benfica (1-1), no Estádio da Luz, da 16.ª jornada da I Liga.

Empate: "Para nós é sempre mau não ganhar. Lutámos sempre para ganhar, saímos insatisfeitos do jogo. Poderíamos ter ganho, tivemos várias oportunidades de golo, acabámos por sair daqui tristes."

Análise ao jogo: "Acho que o jogo acabou por partir um pouco e não concretizámos as oportunidades que criámos. Agora vai sempre como sempre, jogo a jogo e lutar sempre em todos os jogos para ganhar".

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.