Filme do Jogo

O Benfica somou ontem o 12.º triunfo consecutivo na I Liga portuguesa de futebol, ao vencer em casa do Vitória de Guimarães, por 1-0, em jogo da 15.ª jornada.

O argentino Franco Cervi marcou, aos 22 minutos, o único golo da partida e permitiu ao Benfica consolidar a liderança, com 42 pontos, mais sete do que o FC Porto, segundo classificado, que no domingo visita o Sporting.

O Vitória de Guimarães, que interrompeu uma série de três jogos sem perder, segue provisoriamente no quinto lugar, com 21 pontos.

O onze inicial do Benfica

O treinador Bruno Lage mudou, face ao jogo anterior, com o Vitória de Setúbal para a Taça da Liga, praticamente a equipa inicial do Benfica. Apenas Tomás Tavares mantém-se no onze. André Almeida foi convocado para esta partida no Minho, mas ainda não faz parte do onze titular para o encontro da 15. ª jornada da I Liga, que vai ser disputado no Estádio D. Afonso Henriques.

Primeira parte equilibrada e com um golo

Foi uma entrada intensa por parte das duas equipas, que se mostraram com muita vontade de começar 2020 com uma vitória, mas foi o Benfica que conseguiu adiantar-se no marcador, por intermédio de Cervi aos 23 minutos. Num passe de Chiquinho para Pizzi, este atrasou a bola para a entrada de Cervi que, na área, atirou rasteiro para o fundo das redes de Douglas.

Na segunda parte o Vitória de Guimarães foi mais forte

Aos 68 minutos, o Vitória de Guimarães esteve muito perto de empatar. Num cruzamento para a área, Odysseas não segurou a bola, sobrando esta para o remate de Lucas Evangelista, mas desta vez o guarda-redes encarnado não vacilou e fez uma grande defesa.

A equipa do Benfica, à exceção de Carlos Vinícius, defendia atrás da linha da bola quando a equipa minhota atacava, fazendo pressão alta, colocando o Benfica em muitas dificuldades.

Num jogo com quase 28 mil espetadores, o Vitória de Guimarães terminou a partida com mais remates (11-4) e posse de bola (55%-45%), mas, nos remates certeiros à baliza, o Benfica foi mais eficaz.

Figura do encontro

Cervi: O argentino marcou o seu terceiro golo esta temporada e este foi decisivo para os campeões nacionais. À semelhança de toda a equipa encarnada, Cervi esteve muito discreto durante a partida em Guimarães, mas juntando o golo marcado ao facto de ter de segurar o ataque vitoriano no meio-campo - e foi bastante no segundo tempo - fizeram dele um elemento essencial para garantir o 12.º triunfo consecutivo do Benfica no campeonato.

Vozes dos protagonistas

Bruno Lage: “Na época passada éramos nós quem tinha 7 pontos de atraso e vejam o que fizemos”

Ivo Vieira satisfeito com os jogadores, apesar da derrota

Franco Cervi: “Pensamos jogo a jogo para, no fim, voltarmos a poder festejar”

Victor Garcia: “Merecíamos, no mínimo, o empate”

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.