O Marítimo recebe este sábado, a partir das 17h00, o Benfica no Estádio dos Barreiros em partida da 32.ª e antepenúltima jornada da I Liga 2021/22. Com as duas equipas com destinos praticamente definidas na tabela classificativa, em jogo estará pouco mais do que o orgulho dos dois conjuntos.

O Benfica ocupa atualmente o 3.º lugar da classificação, a 8 pontos do rival Sporting, 2.º classificado, e com desvantagem no confronto direto com os leões. Quer isto dizer que, com 9 pontos ainda em disputa, basta a turma leonina fazer mais um ponto até ao final do campeonato para o Benfica ficar irremediavelmente condenado ao 3.º posto, mesmo que ganhe os três jogos que ainda tem por disputar.

Quanto ao Marítimo, está neste momento no 7.º lugar e o espectro da despromoção, que a certa altura, a meio da época, chegou a assolar os madeirenses, está mais do que afastado. Só que o 5.º lugar, que vale um lugar europeu, também há não está ao alcance dos maritimistas. O melhor que o Marítimo poderá conseguir é, por um lado, tentar alcançar o V.Guimarães no 6.º posto e, por outro lado, defender o 7.º lugar de uma série de equipas que estão na sua peugada.

Momento de forma: Águias vêm de empate desmoralizador, madeirenses a atravessar série negativa

Nenhuma das equipas atravessa um bom momento de forma, pelo menos a olhar para os resultados mais recentes. O Benfica até vinha a realizar algumas exibições interessantes nos últimos jogos, com o empate em Liverpool e a vitória em Alvalade sobre o Sporting, mas na ronda passada ficou-se por um insípido nulo na receção ao Famalicão que praticamente deitou por terra as aspirações de chegar ao 2.º lugar.

A verdade é que, mesmo tendo em conta essas duas exibições que deram algum alento aos adeptos, o Benfica só ganhou dois dos últimos seis jogos que disputou no conjunto de todas as competições. A jogar fora de portas, ainda assim, o Benfica até se tem dado melhor do que em casa esta época e desde o virar do ano ainda só perdeu por uma vez na condição de visitante.

Já o Marítimo atravessa uma sequência de resultados ainda mais negativa nos últimos seis jogos, com apenas uma vitória (e três derrotas) nessa partida. Ainda assim, a formação madeirense não perde há dois jogos (uma vitória e um empate).

Em casa, contudo, o Marítimo só somou uma vitória nas últimas sete partidas (precisamente na mais recente, ante o Boavista). Antes desse triunfo a turma insular vinha de três derrotas e três empates na condição de anfitrião.

Histórico de encontros: Benfica domina, mas últimos jogos na Madeira ditam maior equilíbrio

Este será o 99.º encontro entre os dois clubes e a vantagem no histórico de encontros é, como seria de esperar, clara a favor do Benfica, que ganhou 68 dos anteriores 98 embates e só perdeu 12 (registaram-se 18 empates). Os últimos dez jogos entre Benfica e Marítimo resultaram em 8 vitórias das águias, uma dos madeirenses e um empate e na partida da primeira volta, na Luz, o Benfica venceu por expressivos 7-1.

Com o Marítimo como anfitrião, ainda assim, o equilíbrio é maior: 21 vitórias do Benfica e 11 dos insulares em 45 partidas, sendo que nas últimas cinco visitas das 'águias' aos Barreiros o equilíbrio é mesmo a nota dominante, com duas vitórias para cada lado e um empate.

O que dizem os treinadores

Vasco Seabra, treinador do Marítimo: "Não perspetivo um Benfica ferido ou menos ferido, perspetivo sim um Benfica forte, ciente das ideias que tem, com boas individualidades, uma equipa que quer demonstrar aquilo que tem vindo a fazer e corresponder da melhor forma para também engrandecer aquilo que são. Mais do que evitar a derrota, é a busca pela vitória. É essa a nossa única forma de estar, jogar para vencer!"

Nélson Veríssimo, treinador do Benfica:

O árbitro

Hélder Malheiro, árbitro da AF Lisboa, foi o árbitro designado pelo Conselho de Arbitragem da FPF para dirigir o encontro. Como assistentes terá Gonçalo Freire e Rui Cidade, com Flávio Lima como 4.º árbitro. No VAR estará Rui Oliveira, acompanhado de Carlos Campos, como AVAR.

Será o segundo encontro que o juiz lisboeta de 41 anos vai dirigir do Benfica este ano, depois de ter estado na vitória caseira, por 2-1, sobre o Santa Clara, em que as 'águias' estiveram a perder mas viraram o marcador com Darwin Nuñez a marcar por duas vezes, uma delas de penálti. Já para o Marítimo, este será também o segundo encontro da temporada dirigido por Hélder Malheiro, depois do empate 1-1 na visita ao Boavista, na 13.ª jornada, num jogo com uma expulsão para cada lado.

Marítimo e Benfica entram em campo a partir das 17h00 deste sábado. Pode seguir AQUI todas as incidências do encontro e ver os vídeos com os principais lances da partida à medida que estes se forem sucedendo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.