O FC Porto recebe o Boavista este sábado, em jogo a contar para a 19.ª jornada da I Liga, que colocará frente a frente duas equipas com objetivos bem distintos na prova.

À entrada para esta ronda, os 'dragões' posicionam-se no 2.º lugar da tabela, e estão proibidos de 'escorregar', numa fase do campeonato em que estão a oito pontos do Sporting e a duas jornadas de receberem a equipa de Rúben Amorim.

Nos últimos cinco jogos (em todas as competições), os campeões nacionais registaram duas vitórias (Gil Vicente e Rio Ave) e três empates (um com Belenenses SAD e dois frente ao SC Braga). Os 'azuis e brancos' não vencem desde 1 de fevereiro, quando bateram o Rio Ave por 2-0 no Dragão, com golos de Luis Díaz e Evanilson.

Sérgio Conceição perde Matheus Uribe e Luis Díaz (castigados) para o dérbi com o Boavista, mas recupera Otávio e Corona, sendo que Marchesín volta à baliza e Grujic é o candidato mais forte a fazer dupla no meio-campo com Sérgio Oliveira.

Com um percurso bem diferente do seu adversário, o Boavista luta para não descer de divisão. A equipa de Jesualdo Ferreira, que reencontra o clube onde mais sucesso teve na carreira com a conquista de três campeonatos, encontra-se no 16.º posto, com 14 pontos. Os axadrezados têm apenas mais um ponto que o 'lanterna-vermelha' (Farense), pelo que só a vitória interessa diante do FC Porto.

Nos últimos cinco jogos disputados, entre todas as competições, o Boavista somou um triunfo (Portimonense) e quatro derrotas (Tondela, Sporting, Gil Vicente e Nacional). Na última jornada, os boavisteiros perderam por 1-0 na receção ao Nacional, com um autogolo de Nuno Santos.

Chidozie, emprestado pelo FC Porto, é baixa para o encontro no Dragão, que fará com que o Boavista apresente pela sexta jornada consecutiva uma diferente estrutura de centrais. Rami, regressado de castigo, e Devenish devem ser as escolhas. Javi García, expulso na partida com o Nacional, também falha o dérbi da Invicta.

Confronto direto

Relativamente ao histórico de confrontos, o FC Porto tem mais motivos para sorrir: soma 97 triunfos, contra 23 derrotas do Boavista e 21 empates. Para encontrar a última vitória dos axadrezados é preciso viajar até à temporada 2006/07, em que a 'pantera' recebeu e venceu os 'dragões' por 2-1, com golos de Ricardo Silva e Zé Manuel (Lucho assinou o tento dos portistas).

Na primeira volta da presente edição da I Liga, o FC Porto goleou por 5-0 no Bessa - marcaram Jesús Corona, Sérgio Oliveira, Marega (2) e Luis Díaz.

O que dizem os treinadores

Sérgio Conceição não fez a habitual conferência de imprensa de antevisão ao dérbi com o Boavista. Uma situação que, de resto, não tem sido assim tão rara para o técnico portista neste ano civil: desde o início de 2021, Conceição falhou oito conferências de imprensa, das 23 possíveis.

Já Jesualdo Ferreira prometeu um Boavista capaz de superar “algumas limitações” de plantel “com uma disposição clara de discutir o jogo” frente ao FC Porto, num dérbi portuense da 19.ª jornada da I Liga de futebol.

“Vamos defrontar o campeão nacional, vencedor da Taça de Portugal e única equipa do país na Liga dos Campeões. O Boavista, com a sua história dentro dos campeonatos nacionais e nos dérbis com o FC Porto, chegará ao Dragão para tentar discutir o jogo”, apontou o técnico, em declarações publicadas nas redes sociais do clube axadrezado.

O árbitro

Manuel Mota foi o árbitro designado para dirigir o dérbi da Invicta. O juiz da AF Braga será auxiliado por Jorge Fernandes e Luciano Maia, com João Gonçalves como quarto árbitro. Vítor Ferreira será o videoárbitro da partida, auxiliado por Bruno Rodrigues.

O FC Porto-Boavista, da 19.ª jornada da I Liga, está marcado para as 20h30 deste sábado e pode ser acompanhado, ao minuto, no SAPO Desporto, com fotos e vídeos dos principais lances.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.