«Apagou-se tudo, até a luz. Foi uma vitória total, dentro do campo, durante os 90 minutos, com um critério de arbitragem que vocês viram. Apagamos realmente a Luz durante o jogo e para ser completo, apagou-se a luz depois do jogo. Ficaram as trevas», referiu Pinto da Costa, na zona mista do Estádio da Luz em Lisboa.

Questionado sobre o segredo da vitória “azul e branca” no campeonato, o presidente do clube portuense ironizou que «foi tudo sorte, porque o Benfica realmente é uma grande equipa».

Apesar de ter assegurado o 25.º título nacional no terreno do “rival” e campeão 2009/10 Benfica, o presidente dos “dragões” revelou satisfação, salvaguardando que seria indiferente conquistá-lo noutro palco.

«A sensação de ganhar um campeonato é sempre uma sensação de felicidade. Já nem sei quantos são. Agora, ser na Luz ou não, para mim era indiferente. Para mim era absolutamente indiferente», frisou Pinto da Costa.

Veja o FC Porto - Especial Campeão 2010/2011

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.