Jogadores, equipa técnica, ‘staff’ e colaboradores do Tondela realizaram hoje testes sorológicos à covid-19 antes do regresso aos treinos na terça-feira, referiu hoje o diretor clínico do clube da I Liga de futebol.

“Hoje fizemos uma primeira abordagem da doença, da pandemia, um teste de imunidade, ou seja, um teste de hemoglobinas, que é baseado no sangue que é para saber se houve ou não contacto com a doença”, adiantou o diretor clínico do Tondela nos canais de comunicação do clube.

Eduardo Mendes explicou que, nesta fase, este teste “permite fazer um rastreio completo a todas as pessoas que estão envolvidas” com o clube e depois, “na próxima semana, está programado fazer um teste de PCR, que é o teste de diagnóstico virosal, que ficará para sábado”.

“Este dá-nos uma ideia se houve ou não contacto com o vírus, mas não nos identifica o vírus, o teste PCR é o teste de diagnóstico correto da presença ou não do vírus e os dois [testes] complementam-se”, acrescentou o médico.

Após os exames de hoje, realizados no clube por um laboratório externo, os jogadores regressam na terça-feira aos relvados para “treinos individuais, em circuitos completamente separados”.

“Cada jogador entra em campo com um técnico a acompanhar e com um responsável do departamento médico e entrarão em circuitos independentes, sairão por circuitos diferentes, e nunca se irão encontrar em nenhuma dessas fases”, explicou o diretor clínico.

Esta é uma forma de “manter o rigor das medidas da Direção Geral da Saúde (DGS) como o distanciamento social” e “o uso de máscara sempre nas instalações e nos circuitos”, pormenoriza Eduardo Mendes.

“Levam a sua própria roupa de casa e têm a bola higienizada e tudo o que é pessoal ficará com eles e usam máscara no circuito, claro que no treino não, tanto nesta fase individual como depois, no treino conjunto, que em princípio será na próxima semana”, assumiu.

Entre os testes individuais e os conjuntos, “que já permitirão alguma proximidade”, Eduardo Mendes disse que serão “feitos os testes PCR, mas será mantido o rigor das medidas de distanciamento social, do uso de máscara nas instalações, circuitos independentes e lavagem frequente das mãos”.

Os treinos individualizados arrancam esta terça-feira, no complexo do Estádio João Cardoso, e, para isso, estão definidos seis horários para as sessões que irão ter dois jogadores por campo, quatro ao mesmo tempo, tendo em conta a existência de dois campos.

A SAD do Tondela informa também que o acesso ao complexo do Estádio João Cardoso está “totalmente proibido a elementos externos à estrutura profissional do Tondela, todas as instalações serão alvo de regulares ações de higienização, tal como de todos os circuitos externos de acesso aos treinos que ficarão definidos e conhecidos por todos os intervenientes, evitando desta forma, ao máximo, o contacto entre atletas e/ou staff”.

“Após um período de férias em confinamento social que teve início a 10 de abril, a equipa principal ‘auriverde’ retoma os trabalhos com vista ao reatar da Liga NOS que, tal como foi anunciado, irá recomeçar a partir do último fim de semana deste mês”, lê-se.

Aquando da suspensão do campeonato da I Liga de futebol, a 13 de março, por causa da pandemia da covid-19, na véspera da 25 jornada, o Tondela, 14 classificado, com 25 pontos, preparava-se para ir ao Estádio da Luz enfrentar o segundo classificado, Benfica, com 59 pontos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.