Declarações de Armando Evangelista, treinador do Arouca à Sport TV depois da vitória por 2-0 em Arouca.

Armando Evangelista diz que o "único factor de desequilíbrio foi a eficácia"

"Têm sido tempos difíceis face ao número de casos de Covid-19, castigos e lesões e para este jogo mais difícil ainda foi prepará-lo. Mas demos uma resposta que estamos vivos, que pertencemos a esta liga e temos capacidade para pertencer. Estes é dos jogos mais fáceis de analisar que tive até hoje. O único factor de desequilíbrio foi a eficácia. Tivemos um penálti e não conseguimos fazer golo; o Benfica teve mais duas situações e fez golo; o Arouca, teve mais três ou quatro situações e não fez. Se havia desequilíbrio, era a favor do Arouca pelo que fez. Pena não termos um elemento com mais presença de área. Quando tivermos a equipa toda novamente vamos continuar a ser competitivos e a dar alegrias aos adeptos".

Thales Bento: "Demos uma resposta mais do que boa"

"Foi um início difícil, numa semana muito complicada para nós. Dois dias de treino, a equipa fez dois treinos conjuntos para um jogo destes. Acredito que demos uma resposta mais do que boa pela forma como correu o jogo. Temos de trabalhar da mesma forma para vencer o próximo jogo".

O Benfica reforçou hoje o terceiro lugar da I Liga portuguesa de futebol, ao vencer no reduto do Arouca, penúltimo classificado, por 2-0, no encontro de abertura da 19.ª jornada.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.