O FC Porto vai terminar 2016 no segundo lugar da I Liga, a quatro pontos do Benfica. Os ´dragões` já foram eliminados da Taça de Portugal mas passaram aos ´oitavos` da Champions e continuam em prova na Taça da Liga.

O ano foi mau para o clube azul-e-branco uma vez que não conquistou qualquer título, tal como tinha acontecido em 2015. A saída de Lopetegui nos primeiros dias do ano de 2016 e a entrada de Peseiro para o comando técnico dos azuis-e-brancos não surtiu efeito, já que a equipa não melhorou de rendimento. Terminou em 3.º e longe da discussão do título, perdeu a final da Taça de Portugal para o SC Braga e nem se apurou para a final da Taça da Liga. Tudo isto em 2015/2016.

A entrada de Nuno Espírito Santo em junho trouxe algumas melhorias. A equipa eliminou a AS Roma nos play-off de acesso à fase de grupos da Champions, passou por uma crise mas recuperou e voltou aos bons resultados e exibições convincentes.

Apesar de ter sido um 2016 mau para os padrões do Dragão, o FC Porto venceu 11 dos seus golos de goleada. Dessas, quatro foram ainda na época 2015/2016, com destaque para o Boavista que encaixou nove golos dos ´dragões` em dois jogos para a I Liga.

As restantes sete goleadas aconteceram já na época 2016/2017. Destaque para os 5-0 aplicados ao Leicester na derradeira jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões e os 3-0 em pleno estádio olímpico Roma aos AS Roma, nos play-off da Champions.

Em termos comparativos, o Benfica goleou por 15 vezes em 2016, o FC Porto aplicou 11 goleadas e o Sporting apenas nove.

Vídeos: Recorde aqui as goleadas aplicadas pelo FC Porto em 2016.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.