Num Estádio Municipal de Vila Real de Santo António ainda ‘assombrado’ pela queda, sexta-feira, de uma bancada amovível que resultou em cinco feridos, a formação inglesa impôs a segunda derrota aos holandeses (já tinham perdido frente ao Benfica por 4-1), num encontro aberto mas ainda disputado em ritmo de pré-temporada.

Marc Albrighton colocou os ‘villans’ na frente do marcador, logo aos cinco minutos, com um belo remate de fora da área mas o Feyenoord respondeu pouco depois, através do jovem (17 anos) Luc Castaignos, que finalizou com acerto uma jogada colectiva da equipa de Roterdão.

Até final da primeira parte, os holandeses estiveram mais perto voltar a marcar e o ‘prodígio’ Wijnaldum atirou mesmo a bola ao poste, aos 45 minutos.

Com a entrada de Carew, Ashley Young e Emily Heskey, as principais figuras da equipa, o Aston Villa apareceu melhor na segunda parte e Young obrigou o guarda-redes do Feyenoord a boa defesa, aos 57 minutos.

Sem grande surpresa, os ingleses voltaram à vantagem no marcador, com um cabeceamento do veterano Emile Heskey, aos 73 minutos, e Steve Sidwell selou o triunfo, aos 78.

No final da partida, na habitual marcação por grandes penalidades do Torneio do Guadiana, para efeitos de desempate no final do torneio, as equipas empataram a quatro.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.