Segundo tem avançado a SIC, os agentes da Autoridade Tributária terão entrado em contato o hacker português Rui Pinto, antes de ser detido na Hungria, pedindo ajuda ao pirata informático nas investigações a suspeitas de crimes fiscais no futebol português.

O contato da instituição pública deu-se a 16 de janeiro deste ano, pouco depois de ser detido em Budapeste na sequência de um mandado de busca internacional solicitado pelo Ministério Público.

O Departamento Central de Investigação e Ação Penal terá já iniciado as investigações sobre fraude fiscal, não se sabendo se existem já arguidos.

Recorde-se que o português Rui Pinto ficou em prisão preventiva, após decisão do Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa, onde o colaborador do 'Football Leaks' foi presente a um juiz de instrução criminal para primeiro interrogatório judicial.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.