O Sporting, orientado por Jorge Jesus, está a fazer um excelente início da época 2017/18. Além de ter somado três triunfos, a baliza de Rui Patrício ainda não se mexeu por golos sofridos.

Os Leões começaram a nova edição da ILiga com um triunfo por 2-0 na Vila das Aves, seguido de uma vitória pela margem mínima na receção ao Vitória de Setúbal. No encontro do passado sábado, o Sporting goleou o Vitória de Guimarães por 5-0.

O registo menos positivo foi o nulo com o Steaua de Bucareste no play-off da Liga dos Campeões, mas, mesmo assim, a baliza dos Leões manteve-se imaculada, um registo notável e que não se via desde 1988.

Há quase 30 anos, o Sporting, orientado pelo uruguaio Pedro Virgílio, somava oito pontos, sem derrotas e sem golos sofridos, feito que durou até à quinta jornada desse ano. Contudo, apesar de um início fulgurante, o Benfica acabaria por se sagrar campeão, o FC Porto em segundo, o Boavista terceiro e os Leões em quarto lugar.

De acordo com o site zerozero, e ao longo de 30 anos, o Sporting raramente sofreu menos de dois golos. Apenas Marinho Peres (1991/1992), Carlos Queiroz (1994/1995), Octávio Machado (1997/1998), Paulo Bento (2008/2009) e, mais recentemente, Jorge Jesus conseguiram a proeza de chegar à quarta ronda com um golo sofrido.

Recorde-se que na temporada passada, com Jorge Jesus no comando, o Sporting sofreu quase o dobro dos golos dos principais rivais. Esta temporada, nota-se uma evolução na organização defensiva, que está a dar frutos, pelo menos até à entrada da quarta jornada, na receção ao Estoril-Praia.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.