Num jogo em que escassearam as verdadeiras situações de perigo, o Belenenses SAD marcou bem perto do minuto 90 e bateu por 1-0 o Gil Vicente na Cidade do Futebol, em partida da 33ª e penúltima jornada da I Liga portuguesa 2019/20.

O resultado permite ao conjunto da casa igualar o Paços de Ferreira no 13º lugar da classificação, com 35 pontos, cinco acima da 'linha de água', mas Tondela, Portimonense e V.Setúbal, os três conjuntos que os perseguem na classificação, todos com 30 pontos, ainda não jogaram nesta ronda. Ainda assim, a permanência dos 'azuis' no escalão principal ficou mais próxima e poderá ficar assegurada ainda esta ronda, mediante os desfechos dos jogos dessas equipas.

Foram poucos os motivos de interesse durante os primeiros 45 minutos. Show rematou fraco e ao lado da baliza do Gil Vicente aos 18 minutos e, aos 20, Licá dominou mal uma bola e perdeu uma boa possibilidade de ficar isolado na cara de Denis. Os homens da casa eram, pois, quem mandava no jogo, mas os lances de real perigo escasseavam. O Gil Vicente, por seu lado, em posição tranquila na tabela e sem nada 'em jogo', só aos 41 minutos ameaçou, por Rúben Ribeiro.

E a história não foi muito diferente na segunda parte. O nulo parecia mesmo destinado a subsistir até ao apito final, mas a um minuto dos 90 surgiu o olo de Marco Matias, que apareceu isolado na cara de Denis. Este ainda defendeu o primeiro remate, mas à segunda o avançado da equipa da equipa de Petit marcou mesmo, provocando uma enorme festa entre os homens da casa.

Os 'azuis' somam, agora, 35 pontos e, mesmo que a conjugação dos restantes resultados desta ronda não assegure, desde logo, a manutenção, um empate na deslocação a Setúbal, na última jornda, bastará para selar a permanência.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.