O Benfica continua a afinar o plantel para o que resta da época. Os Encarnados têm um excedente de defesas centrais, pelo que estão a tentar arranjar colocação para alguns deles. Depois do empréstimo de João Víctor ao Nantes, o Benfica prepara-se para resolver as situações de Germán Conti e John Brooks.

John Brooks foi contratado no último dia do mercado de verão (era um jogador livre), face às várias lesões na defesa Encarnada mas raramente jogou. O gigante norte-americano de 29 anos deverá ser reforço dos alemães do Hoffenheim, 13.º convocado da Bundesliga. O jogador já estará na Alemanha para os habituais exames médicos, antes de assinar contrato.

A confirmar-se, será o regresso de Brooks à Alemanha, onde jogou no Hertha Berlim e no Wolfsburgo. O Benfica recebe um milhão de euros com o negócio.

O central norte-americano fez apenas cinco jogos pelo Benfica, dois a titular (uma na Taça da Liga e outra na Taça de Portugal).

De saída também está Germán Conti, central argentino de 28 anos que tem contrato com o Benfica até junho de 2023. Diz o jornal A Bola que os Encarnados estão a negociar o jogador com o Lokomotiv Moscovo, da Rússia, depois de uma época emprestado aos brasileiros do América Mineiro.

O Benfica poderá vir a encaixar um milhão de euros com o negócio, mediante o cumprimento de determinados objetivos no clube russo.

Germán Conti foi contratado ao Colón de Santa Fé em 2018. O central fez apenas dez jogos pelo Benfica (um golo marcado). O Benfica cedeu-o ao América Mineiro (38 jogos, um golo), Atlas Gualadajara do México (23 jogos, dois golos) e Bahia, do Brasil (45 jogos, um golo).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.