O Benfica reagiu esta quinta-feira através da conta de Twitter para a imprensa à notícia que dá conta de que Francisco J. Marques foi constituído arguido no caso dos emails.

"Como um vulgar vigarista e falso paladino da transparência andava há quatro meses a esconder que estava constituído arguido no processo dos e-mails", pode ler-se no Twitter.

"Depois das decisões do Tribunal Administrativo do Porto e da ERC aperta-se o cerco ao porta-voz dos e-mails roubados e do crime organizado", salientam ainda.

Recorde-se que Francisco J.Marques é arguido no âmbito do caso dos emails do Benfica, depois de ter sido interrogado pela Polícia Judiciária a 26 de marco deste ano já com esse estatuto. O porta-voz dos azuis e brancos divulgou o conteúdo de emails do Benfica sem consentimento para tal.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.