O Benfica venceu este sábado o Olhanense por 2-1, em jogo da nona jornada da liga portuguesa, no Estádio da Luz. Encarnados escusavam de ter “sofrido” até final depois do ritmo inicial.

O Benfica entrou no jogo de forma demolidora e aos 27 segundos já Rodrigo inaugurava o marcador, naquele que é, até agora, o golo mais rápido da liga portuguesa.

Gaitán trabalhou na esquerda, isolou Rodrigo, que de pé esquerdo não deu qualquer hipótese a Fabiano. Ainda havia pessoas a sentar-se na Luz e o Benfica já estava na frente.

E nos minutos seguintes percebeu-se que não tinha sido coincidência o golo madrugador. Com um futebol rápido, o Benfica atropelava o esquema do Olhanense e foi sem surpresa que Rodrigo aumentou para 2-0 aos 13 minutos.

Novamente pelo lado direito, Maxi furou a defensiva algarvia e, depois de um mau alívio, Rodrigo cabeceou para o seu segundo golo no encontro e o segundo dos encarnados.

O ritmo ameaçava goleada, mas o Benfica decidiu pausar o jogo. O Olhanense pôde finalmente respirar, mas nem assim se livrou de alguns calafrios até final do primeiro tempo.

Desperdiçou o Benfica e o Olhanense aprendeu a lição ao intervalo. A equipa de Daúto Faquirá entrou muito bem no segundo tempo e, numa jogada pela direita, Salvador Agra assistiu Wilson Eduardo para o 2-1, com o brasileiro, no centro da área encarnada, a bater facilmente Artur.

O Olhanense estava mais atrevido e o Benfica passou pelas primeiras dificuldades no encontro, evidenciando dificuldades na transição defesa-ataque, depois de Aimar já ter abandonado o relvado por troca com Witsel.

O Benfica procurava rearmar o futebol de ataque e chegou mesmo ao golo por Cardozo, mal anulado pelo árbitro Marco Ferreira. Já o Olhanense, não desarmava e inquietavam-se as bancadas da Luz.

Até final o Benfica procurou o terceiro golo, o tento da tranquilidade. Não surgiu e, em boa verdade, o Olhanense também não quis mais e evitou males maiores aos encarnados. Se assim não fosse, a equipa de Jorge Jesus podia ter deixado pontos no jogo desta noite, depois de muito cedo se ter “falado” em goleada.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.