Na newsletter diária desta segunda-feira, o Benfica faz também referência a outras partidas, dizendo que "ficaram grandes penalidades por assinalar nos jogos frente ao Nacional da Madeira e Vitória de Guimarães, erros que somados custaram 6 pontos nas últimas três semanas da competição".

Análise: Exibição descolorida coloca o Benfica mais longe de tudo
Análise: Exibição descolorida coloca o Benfica mais longe de tudo
Ver artigo

"O Sport Lisboa Benfica tem, desde o início da época, demonstrado uma postura construtiva e credibilizadora na defesa do espetáculo e da promoção do futebol português. Nesse sentido, e perante o que se passou no jogo diante do Moreirense, cumpre-nos endereçar as seguintes questões, para as quais o Benfica requer uma resposta urgente:

1 – Por que razão tendo sido assinalado um penálti sobre o jogador Weigl - uma decisão consonante entre árbitro e assistente -, decidiu o VAR intervir, apesar de não ter havido um erro factual, objetivo e evidente tal como justifica o protocolo?

2 – As imagens mostradas ao árbitro para apreciação do lance em que assinala penálti sobre Weigl incluíram o ângulo da câmara de baliza e de topo que revelam, de forma evidente, o toque no pé do jogador do Benfica? Se não foram incluídas, por que razão foram sonegadas?

3 – Por que razão o VAR não dá indicação ao árbitro para ver o lance de penálti claro sobre Vertonghen, ocorrido aos 60 minutos?

Para além de um cabal e urgente esclarecimento destes factos, o Sport Lisboa e Benfica relembra que ficaram grandes penalidades por assinalar nos jogos frente ao Nacional da Madeira e Vitória de Guimarães, erros que somados custaram 6 pontos ao Benfica nas últimas três semanas da competição."

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.