O Benfica goleou, este domingo, o Moreirense por 1-4, em jogo da 20.ª jornada do campeonato português, disputado no Parque Desportivo Comendador Joaquim de Almeida Freitas, na vila de Moreira de Cónegos. Jonas (2), Mitroglou e Gaitán foram os autores dos golos.

Depois de o Benfica ter goleado, na passada terça-feira, o Moreirense para a Taça da Liga, os encarnados de Rui Vitória regressaram à vila vimaranense e saíram de lá com uma vitória que permite aos encarnados voltar a encurtar a distância (2 pontos) para o líder Sporting.

Rui Vitória fez sete alterações na equipa titular do Benfica. Jardel, Samaris, Renato Sanches e Gaitán foram os ‘sobreviventes’ desde a última partida. O treinador do Benfica excluiu os laterais Sílvio e Grimaldo da ficha de jogo.

O primeiro golo do encontro foi apontado por Jonas aos 16 minutos, após cruzamento de Pizzi para o coração da área, onde surgiu o avançado brasileiro, sozinho, a cabecear para a baliza.

Pouco antes do golo, houve um caso polémico na partida. Gaitán e Danielson ficaram pegados após uma disputa de bola junto à linha final. O defesa do Moreirense puxou o argentino, que fugia com a bola quando seria pontapé de baliza para a sua equipa e este reagiu mal, com Danielson a cair no relvado. O árbitro Manuel Oliveira apenas advertiu os dois jogadores.

Logo aos cinco minutos outro caso, com Jardel a cair na área após disputa com Sagna, que ficou a pedir grande penalidade.

Uma primeira parte com pendor para o Benfica. Contudo, a equipa da casa soube reagir ao primeiro golo sofrido, mas, perto do final da primeira parte, numa boa jogada entre Renato Sanches, Eliseu e Mitroglou, o avançado grego aumentou a vantagem do Benfica para 2-0.

No segundo tempo, já com Lisandro López em campo (entrou para o lugar de Lindelof), os encarnados voltaram a marcar aos 67 minutos. Pizzi combinou com Jonas e serviu o brasileiro, que fintou Stefanovic e atirou para o fundo das redes, mostrando uma vez mais a excelente eficácia da equipa lisboeta.

Últimos 15 minutos e o último golo do Benfica. Jiménez colocou em Jonas na área, este tocou de primeira para Gaitán que rematou de trivela, sem hipótese de defesa para Stefanovic.

Rui Vitória ainda fez mais uma substituição, colocando Talisca em jogo para o lugar de Samaris.

Já em tempo de compensação, o Moreirense chegou ao golo de honra, num excelente trabalho de Iuri Medeiros.

Grande jogo por parte dos homens de Rui Vitória, conseguindo assim pressionar o Sporting e afastar-se do FC Porto.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.