O FC Porto goleou hoje em casa o Estoril-Praia, por 4-0, em jogo da primeira jornada da I Liga portuguesa de futebol, com dois golos do suplente Moussa Marega.

O avançado maliano, que entrou para o lugar do lesionado Soares, marcou aos 35 e 62 minutos, com os outros golos a serem apontados pelo argelino Yacine Brahimi (54) e pelo espanhol Iván Marcano (70), este num lance validado pelo vídeo-árbitro.

No final do jogo, Brahimi mostrou-se naturalmente contente com o resultado e a exibição da sua equipa, mas fez questão de destacar que ainda há muito para fazer esta época.

"É verdade que era um jogo importante, trabalhámos muito na pre época e estamos a crescer. A equipa está muito bem, mas ainda falta muito e temos de trabalhar porque ainda há muito campeonato", começou por dizer o internacional argelino à flash interview da Sport TV.

"Era uma pressão positiva, mas temos muita vontade de ganhar todos os jogos e temos confiança. Espero que continuemos assim", acrescentou Brahimi sobre a importância de vencer o primeiro jogo em casa.

Em relação ao seu afastamento da equipa há um ano atrás quando Nuno Espírito Santo treinava o FC Porto, Brahimi não quis entrar em polémicas e frisou que continua a trabalhar para estar sempre ao mais alto nível, e preferiu destacar a importância da união do grupo.

"O futebol é assim, trabalho muito para melhorar todos os dias e continuar num nível alto, mas o mais importante é continuarmos a ganhar enquanto equipa. Temos um grupo mais junto e é positivo termos praticamente os mesmos jogadores do ano passado", sentenciou Brahimi.

Os ‘dragões’ juntaram-se a outras quatro equipas que venceram na primeira jornada, mas lidera provisoriamente por ter melhor diferença de golos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.