O jogador juntou-se ao grupo que terminou na terça-feira um estágio em Ofir e depois de ter assistido ao jogo particular frente ao Sporting de Braga, que os minhotos venceram por 3-2, viajou com a equipa para a Madeira.

Antes, porém, o brasileiro de 24 anos, que jogava no Ipatinga, dialogou com o técnico Mitchell Van der Gaag, afirmando posteriormente que fez a opção que considerou ser a mais acertada.

“Estou muito contente por vir para um clube grande com uma excelente estrutura, onde fui bem recebido. Agora resta-me trabalhar e mostrar o meu valor”, adiantou Danilo Dias horas depois de ter chegado a Portugal.

Definindo-se como um jogador “arisco”, o avançado brasileiro afirmou ainda que um dos seus pontos fortes é jogar pelas alas.

“Não gosto muito do contacto físico, mas sou bem arisco, jogando bem pelas alas e finalizador”, explicou.

Durante o período em que aguardou no Brasil para viajar para Portugal, o avançado diz ter tomado conhecimento sobre a nova realidade.

“Estive a pesquisar muito na internet, as suas prestações nas últimas épocas e também sobre a Madeira. Estou muito bem impressionado e feliz por ter esta oportunidade de poder participar numa competição europeia”, garantiu.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.