O presidente do Sporting pronunciou-se este domingo sobre o empate de ontem em Guimarães durante a Assembleia Geral para discutir as contas do clube, e fez questão de assumir a culpa pelo mau resultado no Estádio D. Afonso Henriques.

"Tinha um discurso preparado para esta que provavelmente será a última AG antes das eleições. Mas decidi alterá-lo. Disseram me que este seria o pior momento para ter esta reunião magna e que eu não merecia isto. Eu penso o contrário, é nestes momentos de mais dificuldade que devemos ter a oportunidade de dar a cara. Um pavilhão a terminar, modalidades ao rubro com vitórias expressivas, o futebol de formação a mostrar o seu valor e o futebol sénior quando estávamos a beira de alcançar uma goleada a deixar-nos ontem num assombro que nenhum sportinguista esperava nem merecia. Existe quem queira saber de quem é a culpa.... se da defesa, se da equipa toda, se do treinador, se do árbitro.... não vale a pena perdermos mais tempo nessa procura, já nos basta o sentimento de desalento que todos temos. A culpa é minha! E digo-o com toda a convicção. Não podemos ser só os líderes para as coisas boas, temos de saber assumir as nossas funções e responsabilidades e ter a coragem para com muita calma e cabeça fria refletir e tirar as devidas lições e ilações. Assim o farei", começou por dizer Bruno de Carvalho.

"Mas que fique claro a todos, dentro e fora do nosso clube, que, apesar da reflexão necessária, uma coisa não tenho qualquer dúvida, que mantenho uma confiança total no trabalho sério e de grande qualidade que está a ser feito e naqueles que escolhi para me acompanharem neste projecto de colocar o Sporting Clube de Portugal no lugar de onde nunca deveria ter saído: ser campeão!", sentenciou depois o líder leonino sobre o seu projecto para o Sporting.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.