Bruno de Carvalho negou ter tentado congelar as contas do Sporting ou da Sporting SAD, através de um comunicado divulgado na última madrugada.

O antigo presidente do Sporting fala num "novo exercício de despudorada desonestidade intelectual" por parte da Comissão de Gestão liderada por Artur Torres Pereira.

"É evidente que ninguém procurou congelar qualquer conta bancária do Sporting C.P. Estas expressões devem-se a grosseira ignorância frequentemente manifestada pelos comissários de JMS (vulgo comissão de gestão) que, manifestamente, não dominam o léxico que usam", pode ler-se no comunicado.

Comissão de Gestão coloca processo-crime contra Bruno de Carvalho
Comissão de Gestão coloca processo-crime contra Bruno de Carvalho
Ver artigo

Recorde-se que o jornal Correio da Manhã avançou que Bruno de Carvalho pediu aos bancos para bloquearem as contas do clube e recusarem transações que envolvam a instituição.

A Comissão de Gestão do clube, que vai apresentar um processo-crime contra o ex-presidente dos 'leões', confirmou o pedido de Bruno de Carvalho, mas garante que as instituições financeiras recusaram "participar nesta tentativa de fraude".

Leia o comunicado na íntegra

"Foram os membros da Direcção em exercício, surpreendidos por mais uma grotesca e solene minuta dos comissários de JMS, que falando em nome do Clube e como se fossem a sua direcção em exercício, vêm fazer novo exercício de despudorada desonestidade intelectual, invocando participações por crimes inexistentes. i.e., crimes que não existem na ordem jurídica (crime de "fraude" não existe) ou crimes cuja definição não poderia nunca abarcar como crime o que dispõe o artigo 381, nº3 do Código de Processo Civil ("CPC").

Trata-se evidentemente de mais uma manifestação maculada pela crassa ignorância, sempre envolvida em frases de minuta, imediatamente suportada por um alarde de conversas de taberna em antenas de televisão onde se procura a lavagem cerebral dos públicos que a isso se submetam.

Sublinha-se que nestas deploráveis exibições, das mais grosseiras tiradas, não se inibem sequer de expressar as imaginações delirantes sobre os Tribunais, inclusivamente fazendo-se intérpretes do que os senhores Juízes decidirão.

Os membros da Direcção em exercício por força da suspensão precária determinada pelo artigo 381, nº3 do CPC fizeram e farão o que devem, por mais que em antenas de gente dificilmente qualificável se multipliquem insultos e ameaças.

Finalmente, é evidente que ninguém procurou congelar qualquer conta bancária do Sporting C.P.

Estas expressões devem-se a grosseira ignorância frequentemente manifestada pelos comissários de JMS (vulgo comissão de gestão) que, manifestamente, não dominam o léxico que usam.

Insiste-se: não houve nenhuma tentativa de congelamento de qualquer conta bancária do Sporting C.P. ou da Sporting C.P.- Futebol, SAD.

20 de Agosto de 2018,
Bruno de Carvalho
Presidente do Conselho Directivo do Sporting Clube de Portugal"

Bruno de Carvalho confessa que tem saudades dos jogadores do Sporting
Bruno de Carvalho confessa que tem saudades dos jogadores do Sporting
Ver artigo

Eleito presidente do clube em março de 2013 e reconduzido em 2017, Bruno de Carvalho foi destituído do cargo na reunião magna de junho, com 71,36% dos votos, e posteriormente suspenso de sócio pela Comissão de Fiscalização, criada na sequência da demissão da maioria dos membros do Conselho Fiscal e Disciplinar.

Na sequência da decisão, foram convocadas eleições para os órgãos sociais do clube, para 08 de setembro, e Bruno de Carvalho viu a sua candidatura rejeitada pela Mesa da Assembleia Geral, com base no facto de o ex-presidente estar suspenso.

João Benedito, José Maria Ricciardi, Pedro Madeira Rodrigues, Frederico Varandas, Rui Jorge Rego, Dias Ferreira e Fernando Tavares Pereira são os candidatos cujas listas foram validadas.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.