Bruno de Carvalho não gostou de ver a equipa B do Sporting ser goleada este sábado pelo Famalicão por 6-0, e admitiu que o resultado será alvo de uma análise profunda do clube para que sejam feitas correções.

No entanto, o líder leonino frisou também que a expulsão de Ary Papel aos cinco minutos foi um erro, e que espera agora por um esclarecimento por parte do sector da arbitragem em relação ao lance em questão.

"O resultado da nossa equipa B tem de ser assumido, alvo de análise profunda e das correções que sejam necessárias neste processo de crescimento dos nossos jovens jogadores. Mas não é por isso que devemos deixar de falar de todos os acontecimentos", começou por dizer Bruno de Carvalho na sua página pessoal do Facebook.

"Esperamos que tenha sido apenas um erro que venha a ser reconhecido e castigado. Não acredito que se caia no pecado de entrar numa estratégia de castigar todos pela mesma bitola", acrescentou Bruno de Carvalho.

"Estamos de consciência tranquila, pois temos sido o clube que mais tem apoiado e defendido a credibilização e dignificação da arbitragem. Todos temos o direito de errar, mas também temos o dever de não deixar dúvidas. Eu acredito que tenha sido um erro e que os responsáveis pela arbitragem não vão ter receio de o admitir. Já agora só para tentar esclarecer e recentrar as prioridades: se não existissem clubes havia Liga, Federação, Arbitragem, Conselho de Disciplina, Conselho de Justiça,TAD, agentes, UEFA, ECA, FIFA, International Board e CAS?", sentenciou Bruno de Carvalho.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.