À margem da Web Summit, Bruno de Carvalho foi instado a comentar a reportagem do jornal britânico 'The Independent', que o rotulou de Donald Trump português. O dirigente 'leonino' respondeu com sentido de humor.

"Não sou loiro e a minha mulher é muito mais bonita", disse Bruno de Carvalho aos jornalistas.

O presidente dos 'leões' explicou ainda o que o levou a participar na Web Summit, debruçando-se sobre o atual panorama do futebol português.

"Creio que é importante darmos as nossas opiniões e o Sporting tem sido uma voz importante nestes últimos quase cinco anos nas alterações, valores e futuro do futebol", começou por dizer.

"Não vim cá falar do nosso espaço pequenino, que é o nosso Portugal lindo. Vim cá falar de uma indústria ao nível global, que equivale à indústria cinematográfica de Hollywood. Não acredito que uma indústria desta dimensão tenha a capacidade através das federação e das ligas de resolver problemas como o ownership. Falamos de clubes que são detidos, temos de falar em leis, transparência, integridade do jogo, cruzamento de dados, sobre o financial fair play. Estamos a falar de um mercado que envolve 15 milhões de postos de trabalho. Os Governos têm de intervir, naquilo que é a regulamentação do futebol. Estamos a falar para o mundo e não só para Portugal", disse.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.