Bruno de Carvalho utilizou as redes sociais para deixar criticas ao presidente da Federação Portuguesa de Futebol. No Facebook, o presidente do Sporting escreveu um longo texto onde aborda a falta de interventismo por parte do presidente da FPF.

"Numa era que ia dar um murro na mesa... A mesa ainda deve estar na fábrica para ser enviada. E agora é que não se deixa condicionar e que a pacificação do futebol português vai acontecer apenas porque sim... Falar dos vouchers... nada! Falar dos emails.... nada! Falar sobre os programas televisivos com cartilhas terroristas de comunicação... nada! Falar dos bastidores do futebol que estão a vir, finalmente, a público onde, entre tantas coisas, estão envolvidas pessoas da FPF... nada!".

Bruno de Carvalho aproveita ainda para lançar nova farpa ao Benfica. O dirigente sportinguista deixa no ar a ideia de que as águias terão acesso a informação que deve estar em "segredo de justiça".

"Depois de ver o comunicado do Benfica, que pega numa mera notícia de um jornal para se pronunciar publicamente dizendo que as denúncias (supostas ameaças a árbitros da minha parte) são graves e devem ser investigadas, parece-me que as fontes, de anónimas, têm pouco. Aliás, se sabem que são graves para se pronunciarem, é porque conhecem algo que estaria em segredo de justiça em mera fase de investigação. Algo, por isso, não bate certo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.