Declarações de Bruno Lage, treinador do Benfica, à Sport TV, após a derrota frente ao FC Porto, por 1-3, no Estádio Municipal de Braga, da meia-final da Taça da Liga.

"Marcar os golos fez a diferença. O FC Porto marcou três golos e contaram. Nós marcámos mais golos e não contaram. Podíamos ter construído outro resultado. O resultado certo ao intervalo era 2-2. A segunda parte foi melhor da nossa parte até ao momento em que arriscámos com dois avançados. Tentámos chegar ao empate e não conseguimos e depois o FC Porto matou o jogo numa transição."

"Não falei sobre o golo anulado ao intervalo, nem dos outros. Só do que é nosso. Entrámos bem na segunda parte. Podíamos ter feito o empate. Saímos derrotados e com pena de abandonar esta competição."

"Começámos a sentir a nossa força, a estar por cima do jogo e o FC Porto a recolher. Era o momento certo [para arriscar], eles estavam por baixo. Se marcássemos, ganhávamos o jogo. Não marcámos, parabéns ao FC Porto."

"Podíamos ter vencido o jogo. Temos de assumir a nossa responsabilidade pelo jogo que queremos jogar. Houve coragem dos jogadores, mas nem sempre como eu pretendia, mas isso cria-se nos treinos. É isso que tenho pedido aos jogadores. Nos golos sofridos perdemos bolas a tentar jogar o jogo que queremos e é esse o nosso caminho: evoluir. Temos uma semana para treinar, produtiva, temos tudo para crescer e disputar os jogos."

Veja o vídeo na conferência de imprensa

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.