“É sempre bom jogar na Liga. Tive essa oportunidade este ano e só espero aproveitar e corresponder”, disse Bura à agência Lusa.

O jogador, de 21 anos, representou na última época o Penafiel, da Liga de Honra, onde foi colega de equipa de Carlos Carneiro, hoje director desportivo da formação pacense e um dos responsáveis pela sua mudança de clube.

“Fui colega do Carlos [Carneiro] em Penafiel, ele falou comigo, mostrando interesse em contar comigo, e o FC Porto achou a ideia de me estrear na Liga interessante”, confirmou.

Bura vai para a quarta época consecutiva a jogar fora do “Dragão”, mas ainda não perdeu a esperança de regressar ao clube, com quem tem mais dois anos de contrato: “É muito difícil jogar no FC Porto, mas, jogando fora, não estamos parados e temos gente atenta ao nosso trabalho”.

“Ainda não desisti de vestir a camisola do Porto”, disse à Lusa o internacional luso (dos sub-18 aos sub-21), que se define como “um jogador rápido para a altura” (1,92m), “bom no jogo aéreo e tecnicamente” e que gosta de marcar livres.

Defesa de marcação ou a jogar mais solto, Bura espera jogar regularmente, mesmo sabendo que “ninguém entra numa equipa com a condição de titular”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.