O Varzim, clube da II Liga portuguesa de futebol, anunciou hoje a contratação do avançado português Caetano, que nas últimas semanas esteve envolvido num diferendo laboral com o Paços de Ferreira.

O atacante, de 28 anos, assinou um compromisso válido por uma época e meia com o emblema poveiro, regressando à atividade depois de uma paragem de seis meses, devido a uma divergência com os pacenses, com quem, alegadamente, terá assinado contrato no início da época, mas nunca chegou a ser integrado no plantel da formação da I Liga.

Nesta nova etapa da carreira, o jogador considerou que o incidente com o Paços de Ferreira "é um capítulo encerrado", prometendo concentrar-se em recuperar a alegria de jogar.

"Estou num novo clube e tudo o resto fica para trás. Psicologicamente, não foram fáceis os últimos meses, mas vou agora recuperar-me fisicamente para dar o meu melhor pelo Varzim", assinalou.

Sindicato denuncia incumprimento contratual do Paços de Ferreira para com Caetano
Sindicato denuncia incumprimento contratual do Paços de Ferreira para com Caetano
Ver artigo

Caetano assumiu que "tinha outros clubes da II Liga interessados” na sua contratação e explicou os motivos de ter escolhido o Varzim para "relançar a carreira".

"É um clube histórico, com muitos atletas com características em que me revejo, além de ter um treinador que conheço. Posso prometer muito trabalho e espero corresponder com assistências e golos", disse o jogador, que, por motivos burocráticos, só estará disponível para jogar a partir de janeiro.

Edgar Pinho, presidente do Varzim, considerou que Caetano "veio encaixar como uma luva no plantel", considerando que o currículo do atleta "fala por si".

Não pode treinar nem jogar no Paços Ferreira. O “momento mais difícil da carreira” de Caetano pode acabar nos tribunais
Não pode treinar nem jogar no Paços Ferreira. O “momento mais difícil da carreira” de Caetano pode acabar nos tribunais
Ver artigo

"Temos um longo percurso no campeonato, onde temos feito um trajeto interessante, estamos nos oitavos de final da Taça, apesar das prioridades do clube serem a nível financeiro e estrutural, temos de ter uma equipa competitiva, que precisa de alguns reforços, sendo que a aposta é em atletas com provas dadas", vincou o dirigente.

Na Póvoa de Varzim, Caetano, vice-campeão do mundo de sub-20 por Portugal, vai reencontrar o técnico Paulo Alves, com quem trabalhou no Penafiel, em 2015/16.

Além de ter representado os penafidelenses, o extremo, que fez a maior parte da sua formação no FC Porto, conta ainda com passagens pelo Paços de Ferreira, Gil Vicente e Desportivo das Aves.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.