Após uma reunião de cerca de três horas, a CAP (Comissão Arbitral Paritária) decidiu dar razão ao Sporting no caso Bruma.

A Comissão considerou improcedente o processo interposto pelo jogador, no qual pedia a nulidade do contrato com o Sporting, pelo que Bruma ainda é jogador do Sporting.

Deste modo, o jogador tem contrato válido com os leões até junho de 2014, contrariarmente ao que argumentavam os seus representantes.

Ainda esta sexta-feira, Bebiano Gomes, advogado de Bruma, revelou que, independentemente da decisão do CAP, o jogador não regressaria ao Sporting, pela forma como o processo tem sido conduzido pela atual direção. 

No decorrer deste processo, o jogador tem-se treinado em Mafra para manter a forma. 

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.