O presidente do Paços de Ferreira, Carlos Barbosa, voltou atrás na decisão de deixar o clube e anunciou esta segunda-feira a sua recandidatura ao cargo no clube da Liga portuguesa de futebol.

«As razões desta decisão são o costume: toda a direção manifestou interesse em continuar, na condição de continuar na presidência, e não podia deixar ficar mal quem esteve comigo nestes últimos dois anos», disse Carlos Barbosa, em declarações à agência Lusa.

A relutância do ainda presidente pacense em manter-se em funções acabou por ser ultrapassada, depois de uns dias de férias e reflexão no Brasil, embora a lista a apresentar em Assembleia-geral (AG) ainda não esteja definida.

Barbosa deu conta de duas alterações na atual estrutura, confirmando a troca de dois elementos, cujos nomes preferiu não adiantar.

A continuidade de Carlos Barbosa já tinha sido admitida pelo presidente da AG, Fernando Sequeira, na reunião magna de sócios realizada a 10 de maio, ao afirmar ter «ficado com a sensação de que é possível a continuidade do presidente ou emergir alguém da sua direção».

A data limite para a entrega de listas prolonga-se até às 18h00 do dia 31 de maio.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.