Carlos Brito, técnico do Rio Ave, está a encarar com “confiança” a partida de domingo frente ao Paços de Ferreira, a contar para a 11.ª jornada da Liga de futebol.

“Foi importante termos pontuado nas últimas jornadas. Deu confiança à equipa e isso pode nos dar alguma superioridade neste jogo”, analisou o treinador.

“Espero um desafio complicado entre duas equipas equilibradas. O factor casa pode eventualmente pesar um pouco, mas a nossa necessidade de pontos também pode vir a fazer com que possamos entrar um pouco ansiosos”, acrescentou Carlos Brito.

Sobre o adversário, o treinador do Rio Ave falou num “Paços de Ferreira com valor, com uma equipa que funciona como um todo”.

Para esta partida, o técnico dos vila-condenses não vai poder contar com os contributos dos médios Wires e Tarantini, dois habituais titulares, que terão nesta ronda de cumprir castigo.

Carlos Brito lamentou bater-se, com frequência, com uma onda de indisponíveis que condiciona a equipa:

“Por castigos ou lesões, a defesa e meio campo têm sido mais fustigados. Será preciso encontrar outras soluções dentro do plantel”.

Também sem poder dar o contributo à equipa continuam os lesionados Vítor Gomes e Milhazes.

O Rio Ave, penúltimo classificado do campeonato, recebe este domingo, às 16h00, o Paços de Ferreira, 12.º classificado, numa partida que terá arbitragem de Carlos Xistra, de Castelo Branco.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.