O regresso ao principal escalão do futebol português não move só com as emoções dos adeptos. Dentro do balneário do Casa Pia também se vive de forma intensa este momento, mas com uma maior responsabilidade.

Nenhum dos jogadores presenciou a última experiência dos 'Casapianos' nestas andanças - há 83 anos - mas para indicar o caminho existe a voz da experiência. Em Pina Manique, essa voz é a de Vasco Fernandes, capitão de equipa.

Para o defesa-central de 35 anos, questão do capitão é um termo sem grande importância num balneário com vários nomes de peso capazes de integrar os mais novos.

"Sou mais um para agregar, obviamente com outro tipo de experiências e vivências, mas há muita gente lá dentro com voz ativa e que, sobretudo ajuda os mais novos e quem não tem experiência na Primeira Liga", atirou.

Vasco Fernandes fez ainda uma análise ao campeonato e ao que o Casa Pia deve fazer.

"Esta é uma Liga em que ao mínimo detalhe marca a diferença e isso é o que nos esperamos e estamos preparados: é cometer o menor numero de erros possíveis para poder ganhar jogos, porque no final de contas só e lembrado quem ganha e nós estamos cá para ser lembrados pelos melhores motivos que é ganhar e isso tem de ser com muito trabalho, muito sacrifício, resiliência e foco. É o que tentamos transmitir aos mais novos que aqui tudo conta e temos de estar muito focados neste aspeto", explicou.

A equipa tem treinado em Pina Manique, mas os jogos em casa estão destinados a ser no Estádio do Jamor. As dificuldades que podem advir de jogar sempre 'fora' são um 'não assunto' para o balneário.

"Sabemos que é sempre importante jogarmos no nosso estádio, mas não pode servir como desculpa. São as circunstâncias que temos. Não nos falta nada,. temos uma estrutura que nos oferece todo o tipo de condições para sermos melhor a cada dia. Independentemente de onde formos jogar, temos é de ser muito fortes, compactos, juntos, unidos e sobretudo fazer o que treinamos e praticamos todos os dias. Esse é o caminho que nos vai levar às vitórias e estamos aqui para ganhar", referiu.

Na primeira pessoa, Vasco Fernandes abriu o livro e contou-nos o que podemos esperar a nível individual para esta temporada.

"Competitivo, profissional e com uma fome de ganhar imensa. Tentar ser melhor todos os dias. Continuar a crescer e evoluir fisicamente e mentalmente para desfrutar daquilo que sei melhor fazer: jogar futebol", rematou.

O campeonato de todas as decisões já começou e resta aos 'Gansos' lutar para que o vôo seja o da manutenção ou, quem sabe, algo mais na Primeira Liga. Saiba mais na reportagem SAPO Desporto aqui.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.