O Sporting venceu esta segunda-feira o Tondela por 2-1 em jogo a finalizar a 23ª jornada do campeonato nacional. Miguel Cardoso abriu o marcador aos 13' minutos para o Tondela, mas Bas Dost evitou a desvantagem antes do intervalo. No segundo tempo, o Tondela parecia que ia segurar o empate com a expulsão de Mathieu, mas um golo de Coates no último lance do jogo garantiu os três pontos ao Sporting.

No regresso às provas internas após a vitória diante do Astana para a Liga Europa, Jorge Jesus voltou a contar com Bas Bost e Mathieu em Tondela na equipa titular do Sporting. A formação leonina apresentou várias alterações no jogo que fechou a 23ª jornada com a titularidade de Mathieu, Montero e Bas Dost. Bruno César voltou ao lado esquerdo da defesa devido ao castigo de Fábio Coentrão enquanto que do lado do Tondela, Pepa apenas fez uma alteração no onze anfitrião com a inclusão de Jorge Fernandes no centro da defesa para o lugar do castigado Ícaro Silva.

Na antevisão do jogo, Pepa tinha prometido uma equipa 'hardcore' a jogar com grande intensidade e nos instantes iniciais o Tondela apresentou-se como um anfitrião disposto a lutar pela posse de bola, mas foi o Sporting a criar o primeiro lance de perigo num contra-ataque iniciado por Bruno Fernandes aos 8' minutos.

Aos 13' minutos, o Tondela abriu o marcador por intermédio de Miguel Cardoso após uma jogada construída no lado esquerdo entre Pedro Nuno e Tomané. O médio esquerdo do Tondela conseguiu aproveitar um mau corte de Coates para surgir na cara de Rui Patrício e rematar para o 1-0. A bola ainda sofre um ligeiro desvio em Mathieu e acaba por enganar o guardião leonino.

A perder em Tondela, o Sporting aumentou os índices de agressividade e procurou desde logo reagir à desvantagem. Aos 19' minutos, Coates subiu pelo corredor direito e assistiu Gelson, que tentou um remate forte e colocado à baliza onde Cláudio Ramos defendeu com segurança.

Com mais posse de bola e com Bruno Fernandes a 'maestro', a equipa comandada por Jorge Jesus acabou por chegar ao golo do empate antes do intervalo na sequência de um cruzamento milimétrico de Acuña no lado esquerdo. O argentino ganhou espaço junto da linha e cruzou para a pequena área onde surgiu de rompante Bas Dost para fazer o 1-1.

Antes do intervalo, o Tondela sentiu muitas dificuldades para segurar o empate. Aos 31' minuto, Rui Patrício evitou o golo a Tyler Boyd, mas nos instantes finais da primeira parte foi o Sporting a criar duas situações de muito perigo. Bruno Fernandes tentou o remate de fora da área e ia colocando a bola dentro da baliza, mas uma enorme defesa de Cláudio Ramos evitou o golo leonino. Na jogada seguinte, Acuña volta a cruzar para a área, onde surgiu Mathie a atirar a bola muito perto da barra.

No segundo tempo, Jorge Jesus tirou Montero e lançou no jogo Doumbia. O Tondela apresentou-se na segunda parte sem alterações e a toada do encontrou continuou com o domínio do Sporting. A equipa de Pepa baixou as linhas no arranque da etapa complementar e conseguiu negar situações de perigo junto à baliza de Cláudio Ramos.

Aos 58' minutos, Bas Dost surgiu na área com muito perigo e obrigou Cláudio Ramos a mais uma grande intervenção. No entanto a jogada acabaria por ser anulada pelo árbitro por falta assinalada do holandês sobre Ricardo Costa.

Dois minutos depois, o Sporting acabou por ficar reduzido a dez unidades com a expulsão de Mathieu. O defesa central francês viu o segundo cartão amarelo e recebeu ordem de expulsão instantes depois de Jorge Jesus lançar Rúben Ribeiro e tirar Bruno César.

A jogar em inferioridade numérica, William Carvalho foi obrigado a jogar na posição de defesa central ao lado de Coates, o que deixou o meio-campo leonino mais vulnerável. O Tondela aproveitou a superioridade numérica para criar alguns lances de perigo, especialmente com a entrada de Murilo.

Aos 66' minutos, Murilo dirigia-se em boa posição na área do Sporting, mas acabou por não aguentar a pressão de Piccini e William Carvalho e caiu no relvado. O Tondela ficou a pedir grande penalidade, mas João Capela entendeu que houve simulação do jogador tondelense.

Com o jogo empatado, a equipa do Sporting foi à procura do golo que lhe desse os três pontos e esteve bem perto de o alcançar aos 86' minutos numa jogada iniciada por Acuña. O extremo argentino correu até à linha final e apesar de escorregar conseguiu o cruzamento para Doumbia, mas o avançado leonino em boa posição não conseguiu bater Cláudio Ramos.

João Capela deu quatro minutos de tempo extra, e quando parecia que o jogo ia terminar empatado uma jogada no último minuto permitiu ao Sporting chegar à vitória por 2-1.

A vitória permite aos 'leões' voltarem a igualar o Benfica no segundo posto, ambos com 56 pontos, a dois do líder FC Porto, enquanto o Tondela fecha a jornada no 11.º com 25.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.