Fábio Coentrão mostrou-se indignado com o castigo que lhe foi aplicado pelo Conselho de Disciplina da FPF, por ter cuspido em direção aos adeptos azuis-e-brancos no Dragão, durante o FC Porto - Sporting, da Taça de Portugal.

Na sua página pessoal no facebook, o lateral não negou a cuspidela, mas defendeu-se, afirmando que foi vítima de "insultos, cuspidelas e isqueiros". Coentrão denunciou uma "falha grave de segurança que viola os regulamentos", referindo-se ao túnel de acesso aos balneários do Dragão, onde terá sido insultado.

Fábio Coentrão falha jogo com Tondela por cuspidela no estádio do Dragão
Fábio Coentrão falha jogo com Tondela por cuspidela no estádio do Dragão
Ver artigo

"Perante tudo isto só eu é que sou castigado com um jogo de suspensão? E nada acontece a quem tem estes comportamentos antidesportivos e grosseiros?", pergunta Coentrão.

Com o castigo, o lateral esquerdo irá desfalcar o Sporting no jogo com o Tondela, ele que também tinha falhado o jogo com o Feirense, por ter atingido cinco cartões amarelos na Liga.

A mensagem de Coentrão na íntegra:

"Como é possível eu ter passado um jogo inteiro a ser insultado e agredido com isqueiros? Mais ainda: como é possível ter visto um cartão amarelo quando eu é que fui vítima de agressão por um adversário que me pôs o dedo num olho? Ter visto outro adversário a atirar a bola contra mim noutro lançamento lateral? E, para cúmulo, ter de passar por um túnel recolhido (quando me dirigia aos balneários após ser substituído) e ser sujeito a novos insultos, cuspidelas e agredido com o arremesso de isqueiros, numa clara falha grave de segurança que viola os regulamentos, porque o túnel, nestes casos, tem de ser aberto para proteção dos atletas?

Perante tudo isto só eu é que sou castigado com um jogo de suspensão? E nada acontece a quem tem estes comportamentos antidesportivos e grosseiros? Já para não falar num certo senhor que tão mal anda a fazer ao nosso futebol que tem o descaramento de dizer que eu não sou exemplo para ninguém. Querem melhor exemplo do que ter vindo do nada, ter subido a pulso e ter conquistado tudo o que já consegui conquistar? Sou humano e também tenho direito à indignação, com a certeza de que estarei aqui até ao final a lutar com todas as minhas forças".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.