Depois da vitória no clássico na Luz, o FC Porto prepara-se agora para receber o lanterna-vermelha Santa Clara este sábado, no Dragão, em jogo relativo à 28.ª jornada da I Liga. Na antevisão à partida, Sérgio Conceição foi instado a comentar o facto de o árbitro nomeado para o FC Porto-Santa Clara não ser internacional, ao contrário do juiz da partida do Benfica em Chaves.

Santa Clara: "Esperamos um jogo típico de campeonato, com uma equipa que está a precisar muito de pontos para tentar o seu objetivo que é a manutenção. Desde que este novo treinador assumiu, temos de perceber de que forma se poderão apresentar aqui, na sua dinâmica. É essa a nossa preocupação, obviamente sempre olhando para o que vamos ter de fazer, como fazemos com todos. É isso que nos espera, sem saber obviamente que estratégia terá montada o adversário, e daí eu dizer que temos de nos preocupar sempre mais connosco."

Vitória na Luz reforçou esperança na revalidação no título? "Tive a oportunidade, nessa antevisão, de dizer que não eram as vitórias ou o resultado ao fim de semana que nos ia dar mais ou menos confiança, essa é adquirida diariamente no nosso trabalho. Obviamente que ganhar pontos a um rival que vai na frente é sempre bom. Foi o que aconteceu, reduzimos um bocadinho a distância e temos de continuar o nosso caminho. Esses três pontos têm a mesma importância dos que poderemos conseguir amanhã. Temos de chegar ao jogo e ter os resultados que ambicionamos."

Sexto lugar no ranking perdido para os Países Baixos: "A consequência financeira é evidente. Temos todos nós que contribuir para que Portugal possa subir no ranking. Temos feito a nossa parte, enquanto FC Porto. Em termos desportivos e financeiros é extremamente importante para nós. É uma conversa que daria para estarmos aqui algum tempo, mas não é isso que eu quero, o foco é o Santa Clara."

Nomeações dos árbitros: "Acho que, à medida que caminhamos para o final do campeonato, os jogos ganham o seu peso, têm uma dimensão grande. Todos os erros que possam provocar pontos perdidos são decisivos, é óbvio e evidente. Todos os intervenientes diretos no jogo têm de dar o seu melhor. Nós treinadores, jogadores, equipa técnica, e todos os departamentos que trabalham connosco, estamos no máximo. É isso que queremos. Falar neste ou naquele... Já levei um processo por dizer no final de um jogo que a intervenção do VAR era boa, mas que fosse assim em todas as situações que o critério fosse o mesmo. Na altura nem me alonguei tanto, provavelmente terei outro processo no final desta conferência. Falamos muito [sobre isso]. Não tenho de entrar em detalhes sobre as nomeações. É evidente que houve erros no passado, mas as pessoas podem errar. O VAR é importante, mas quem está atrás do VAR é sempre uma pessoa, ou várias. Se o critério for o mesmo num determinado erro, tudo bem. Pode errar, como eu erro a fazer a equipa ou a definir a estratégia. Só não podem haver dois pesos e duas medidas. Nesta reta final, é importante que as pessoas estejam no máximo e a dar o seu melhor, cada um no seu papel."

Rumores sobre um alegado interesse do Inter: "Não tenho nada a referir sobre isso. Queria arranjar uma resposta, mas não há nada a comentar. Não sou eu que controlo as notícias. O importante é o jogo de amanhã e a fase final do campeonato."

Acredita numa quebra do Benfica? "Os jogos são todos diferentes e os momentos das equipas são bons e menos bons ao longo do ano. Não há como fugir a isso e eu não tenho comentado o estado de forma das outras equipas, só olho para a próxima equipa que enfrentamos, em termos de dados. Nesses dados, não estão muito bons, mas tudo pode mudar. Um resultado muda tudo, o ambiente, o estado de espírito dos jogadores e só nos interessa o próximo jogo e como podemos montar uma estratégia que possa surpreender, no sentido de eles como vão alinhar. Pode ser numa linha de cinco, pode ser com um médio a descer na defesa, como os alas vão alinhar... Isso para mim é que é importante. O Benfica já passou e não nos defrontamos mais esta época, felizmente e infelizmente. Infelizmente porque se estivéssemos na Champions, teríamos mais um jogo com eles."

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.