Declarações de Sérgio Conceição, treinador do FC Porto, à Sport TV, após a goleada aplicada pelos 'dragões' ao frente ao Vitória de Setúbal.

Reação da equipa após duas derrotas: "Não sou muito destas coisas, mas tenho de dar uma palavra aos jogadores, depois de uma semana difícil para o FC Porto. Não estamos habituados a ter desaires, sobretudo, o último, que nos custou a presença na Liga dos Campeões. Havia essa dificuldade para o jogo, mais em termos emocionais, e todos estão de parabéns."

Comentário ao jogo: "Entrámos bem no jogo, estávamos precavidos para uma estrutura diferente do Vitória, em 4-3-3 e não em 4-4-2 em losango, e entrámos de forma agressiva, a pressionar muito o adversário e a criar nos primeiros 20 minutos cinco ou seis ocasiões de golo. Depois fizemos uma segunda parte segura, fizemos mais dois golos e podíamos ter feito mais. O Vitória também teve uma oportunidade. Mas foi um jogo com qualidade, que é o nosso normal."

Primeira ocasião do Vitória após corte de Danilo: "Houve um momento em que há uma ocasião do Vitória, que surge de um corte infeliz do Danilo. Mais uma vez o adversário chegou pela primeira vez à baliza assim. Para nós que andamos no futebol isto são sinais, sentimos que as coisas vão ser completamente diferentes. Foi um jogo bom, com qualidade, mas é o normal do FC Porto".

Segunda parte com ritmo mais baixo: "Sim, não podemos esquecer algumas situações: o Marega não fez a pré-época; o Matheus Uribe chegou há uma semana. É preciso saber gerir o jogo, mas criando sempre perigo. Não somos uma equipa de controlar o jogo pela posse, de forma passiva. Somos uma equipa agressiva que tenta encontrar de forma rápida a baliza contrária."

Clássico com o Benfica para a semana: "Todos os jogos são difíceis. Nós temos de preparar o próximo, frente a um rival, e vamos prepará-lo de forma a ir à procura dos três pontos."

Conversa com Otávio no banco de suplentes: "O Otávio estava para entrar. A partir do momento em que fizemos dois golos num curto espaço de tempo, senti que era importante dar minutos a outros jogadores. O Otávio é importantíssimo para nós, tal como os outros, e aquilo que lhe disse foi que não foi neste, mas será no próximo. Os jogadores são todos essenciais para a nossa caminhada. Até porque estamos a lutar pelas três competições internas e estamos na Europa também."

O FC Porto alcançou, este sábado, o seu primeiro triunfo na I Liga portuguesa de futebol, ao derrotar em casa o Vitória de Setúbal, por 4-0, com três golos de Zé Luís, em jogo da segunda jornada.

O avançado cabo-verdiano fez o primeiro 'hat-trick' do campeonato, aos 11, 20 e 63 minutos, antes de o colombiano Luis Díaz completar a goleada do vice-campeão nacional, aos 64, após o desaire na estreia, na visita o Gil Vicente (2-1), e a derrota com os russos do Krasnodar (3-2) que deixou o FC Porto fora da Liga dos Campeões.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.