O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol instaurou processos disciplinares a Francisco J. Marques, diretor de comunicação do FC Porto e Fábio Coentrão, lateral do Rio Ave, por participação do Conselho de Arbitragem, indica o jornal Record. Em causa estão as críticas de ambos à arbitragem.

Francisco J. Marques está sob alçada disciplinar por ter referido que "alguns árbitros decidiram entregar o título ao Benfica". Já Fábio Coentrão questionou as decisões do árbitro Hugo Miguel após o jogo contra o Benfica, que as 'águias' venceram por 3-2.

"Voltámos a fazer um bom jogo, perante uma boa equipa. Estamos no fim, olho para trás e é complicado jogar nestes clubes, onde estou com muito orgulho. É mais complicado ganhar jogos. Viu-se no lance do 2-0, onde há uma falta evidente. Por que é que os árbitros não têm coragem de fazer às equipas pequenas o que fazem às grandes? Se é falta, há que marcar falta. Assim ainda mais complicado se torna. O nosso futebol está assim, infelizmente", afirmou então o jogador português.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.