O novo presidente da liga portuguesa, Fernando Gomes, admitiu à Agência Lusa que as conversas com o homólogo José Luís Astiazaran começaram precisamente a 22 de Maio, em Madrid, na ocasião da final da Liga dos Campeões.

“Ainda estava no período de candidatura quando tive oportunidade de trocar impressões com o presidente da liga espanhola. Vamos continuar a desenvolver contactos com o objectivo de concretizar uma ligação ibérica. Não sabemos ainda se um jogo entre os campeões ou se também os vencedores das respectivas taças”, explicou Fernando Gomes.

O novo presidente da LPFP, que sucedeu a Hermínio Loureiro, outro dos partidários de um troféu ibérico, acrescentou que esta ideia será desenvolvida pelos dois responsáveis durante a temporada desportiva de 2010/2011, embora admita algumas dificuldades em conjugar datas.

Para Fernando Gomes, as “dificuldades de calendarização” e mesmo os “compromissos das selecções” dificultam a concretização da ideia, que pode ser impulsionada pela candidatura ibérica à organização do Mundial de 2018 ou 2022.

“Quando abordámos pela primeira vez este tema chegámos a perspectivar um jogo entre os campeões dos dois países antes do anúncio (da candidatura vencedora) agendado para Dezembro”, revelou Fernando Gomes.

Apesar da “dificuldade tremenda” com as datas disponíveis, Fernando Gomes pretende continuar a “desenvolver contactos” com Astiazaran no sentido de encontrar uma solução que permita a criação de um troféu ibérico.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.